1 dezembro 2018

Regulamento

Regulamento Edição 2019 : Concours de Courts

 

Concours de Courts é uma iniciativa do Mestrado Administração e Gestão de Comunicação da Universidade Toulouse 1 Capitole. A organização desta operação faz parte de um projeto profissional realizado anualmente pelos alunos desta formação.

 

Artigo 1 – Da denominação e finalidade

Court de Courts é uma competição de curtas-metragens aberta a todos os entusiastas do cinema. Através da competição, o objetivo desta iniciativa é:

– criar uma vitrine de exposição de curtas-metragens franceses e internacionais;

– estimular a criação audiovisual, digital e revelar talentos;

– incentivar o encontro entre os entusiastas do cinema e um júri de profissionais;

– facilitar a distribuição e a promoção de obras originais realizadas por amantes do cinema de todos os tipos e para o público em geral;

– desenvolver a criatividade e o pensamento crítico sobre os filmes.

 

Artigo 2 –  Da Participação e tipos de curta-metragem

Parágrafo 1. O Concours de Courts está aberto a todos os curtas feitos a partir de 1º de janeiro de 2015.

Parágrafo 2: Os filmes que foram concedidos no ano anterior e aqueles que foram exibidos em exibições públicas não serão elegíveis para este ano.

Parágrafo 3. O Concours de Courts é um festival gratuito e sem fins lucrativos.

Parágrafo 4. O tema e o gênero (ficção, animação, documentário, etc.) dos curtas-metragens apresentados são livres. O curta-metragem deve ter classificação indicativa para todos os públicos.

Parágrafo 5. Os trabalhos propostos deverão conter título e créditos e terão duração máxima de quinze minutos (título e créditos incluídos).

Parágrafo 6. Um diretor poderá apresentar diversos curtas-metragens na competição. Neste caso, um formulário de inscrição separado será preenchido para cada um dos curtas-metragens, cada um contendo um link de download específico para o filme que ele inscreve.

Parágrafo 7. A legenda em francês é obrigatória para curtas-metragens em língua estrangeira.

Parágrafo 8. Os curtas-metragens deverão ser apresentados em formato mp4 ou mov. Para os filmes selecionados, cada autor terá que nos fornecer um link de download do curta (Dropbox, Wetransfer, Google Drive).

 

Artigo 3 – Das Inscrições

As inscrições começam 3 de dezembro de 2018 e devem ser finalizadas até  meia-noite do dia 3 de fevereiro de 2019, através do formulário de inscrição on-line disponível em www.concoursdecourts.com.

Cada seção deste formulário de contato deve ser preenchida cuidadosamente e deve conter uma nota de intenção (sinopse) e um detalhamento técnico do curta.

Cada participante terá que enviar para a equipe organizadora um link de exibição do(s) filme (s), via formulário de inscrição on-line. Os filmes podem estar disponível no modo público ou no modo privado em uma plataforma de vídeo de sua escolha (Youtube, Vimeo ou outro).

 

Artigo 4 – Da seleção dos curtas-metragens

Parágrafo 1. Todos os curtas-metragens propostos e enviados dentro dos prazos fixados no art. 3º serão objeto de uma primeira seleção. Isso será feito inicialmente por profissionais do audiovisual. Uma segunda seleção será realizada em diferentes salas de exibição em Toulouse, onde o público votará diretamente. Ao final dessas duas pré-seleções, cerca de 25 curtas-metragens concorrerão na cerimônia de encerramento com o júri de profissionais.

Parágrafo 2. A lista de curtas-metragens que fará parte da seleção oficial será publicada no site do Concours de Courts (www.concoursdecourts.com), bem como a data de exibição.

 

Article 5 – Etiqueta Concours de Courts

Parágrafo 1. Uma etiqueta de “Concurs de Courts” será concedida a todos os curtas-metragens selecionados. Sua missão é facilitar a promoção e divulgação dos trabalhos produzidos, a fim de trazer maior reconhecimento à região de Toulouse e melhores oportunidades de colaboração.

Parágrafo 2. Somente os detentores de direitos autorais de curtas-metragens poderão, se assim o desejarem, utilizar o rótulo “Concurs de Courts” e o logotipo da iniciativa na promoção e divulgação de seu curta. Os elementos gráficos estarão disponíveis no site do Concours de Courts (www.concoursdedcourts.com).

 

Artigo 6 – Júri

Parágrafo 1. O júri será composto por um presidente e seis membros. Serão eles profissionais de cinema e do audiovisual, personalidades da região dos Pirineus ou de outras localidades, representantes de diversas organizações e / ou associações nos sectores cinematográfico, audiovisual e cultural. A lista dos membros do júri será publicada no site do Concours de Courts (www.concoursdecourts.com).

Parágrafo 2. As decisões são tomadas pela maioria dos membros do júri. Em caso de empate na votação, o presidente terá voto decisivo.

 

Artigo 7 – Dos prêmios aos vencedores

Parágrafo 1. A lista dos quatro prêmios do júri e do prêmio do público será publicado no site do concours de courts (www.concoursdecourts.com). O vencedor do Prêmio do Público também receberá uma recompensa.

Parágrafo 2. Os prêmios deverão ser retirados no prazo de 30 dias corridos após a cerimônia de encerramento da equipe organizadora. Para além deste período, os prémios não reclamados e / ou não retirados serão propriedade do Concours de Courts.

Parágrafo 3. O prêmio dos quatro melhores curtas-metragens, e o prêmio atribuído pelo público, serão entregues na cerimônia premiação em presença do público, do júri e da imprensa, em um salão da cidade de Toulouse. As datas precisas do festival e a data da entrega dos prêmios serão anunciadas no site do Concours de Courts: www.concoursdecourts.com.

 

Artigo 8 –Do Prêmio do público

Parágrafo 1. Haverá um Prêmio do Público que será atribuído ao curta-metragem com o maior número de votos durante as exibições públicas.

Parágrafo 2. Este Prêmio será atribuído com base numa ficha em que todas as obras selecionadas serão inscritas. No final da exibição, cada espectador irá indicar o melhor filme. Este cartão será entregue ao público na entrada da sala de projeção. A contagem acontecerá após as exibições públicas organizadas na Universidade Toulouse 1 Capitole. O nome do vencedor do prêmio público será anunciado na festa de encerramento, onde o prêmio será concedido.

 

Artigo 9 – Dos Direitos autorais

Parágrafo 1. Por sua participação e por necessidades exclusivas do festival, o diretor autoriza Concours de Courts à reproduzir e representar sua obra audiovisual. O direito de reprodução compreende :

  • O direito de reproduzir e/ou reproduzir por todos os processos técnicos conhecidos e desconhecidos até hoje (em particular através de gravação, armazenamento…) em todos os suportes (incluindo magnéticos, digitais, eletrônicos…), em todos os formatos audiovisuais definidos acima, de modo que agrade o cessionário em termos de cópias, suportes e formatos por todos os métodos de distribuição atual e futura.
  • O direito de realizar qualquer ato de reprodução para a circulação do trabalho, como download, armazenamento online ou qualquer fixação temporária que envolva a transmissão digital e a disseminação do trabalho, independentemente do formato e do processo técnico utilizado. O direito de representação inclui:

– o direito de representação pública de toda ou de parte do trabalho, notadamente durante as sessões públicas de exibição e a cerimónia de encerramento.

– o direito de indexar, classificar e identificar o trabalho em um banco de dados.

– o direito de autorizar a representação em todos os meios de comunicação do festival Concours de Courts, extratos ou resumos da obra audiovisual, visual ou sonora, sujeitos aos direitos morais do autor

– direito de colocar e / ou colocar em circulação extratos do trabalho (imagens estáticas) nas redes sociais.

– direito de manter uma cópia do (s) filme (s) enviado (s) em arquivamento para uma possível divulgação a pedido dos patrocinadores do evento 2018/2019.

– direito de reproduzir uma cópia dos filmes vencedores da edição de 2019 em DVD e divulgá-la aos patrocinadores que participaram do financiamento do Concours de Courts 2019, somente para uso privado.

 

 

Parágrafo 2. Estes direitos são atribuídos apenas para as necessidades de iniciativa do festival e por um período de cinco anos a contar da assinatura do presente regulamento. A equipe das seguintes edições do Concours de Courts terá o direito de entrar em contato com os antigos participantes para ampliar essa autorização. Nenhum outro uso desses direitos, de qualquer natureza, será feito pela Concours de Courts sem a autorização prévia dos diretores-autores.

Parágrafo 3. O autor-diretor garante que o seu trabalho é original e que possui os direitos autorais correspondentes. No contexto de adaptações de obras literárias que não caíram no domínio público ou do uso de imagens de arquivo audiovisuais, o autor deve fornecer todas as informações necessárias sobre as autorizações obtidas ou não.

O autor garante que o seu trabalho não contém nada que possa ser abrangido pelas leis e, em particular, as disposições relativas à falsificação. A SACEM (Associação de Autores, Compositores e Editores de Música) esclarece que “os autores de filmes que incorporam músicas provenientes de gravações comerciais na trilha sonora de suas obras, sejam de gravações de CDs ou gravações pessoais, devem, de acordo com a legislação de direitos de autor e direitos conexos, obter autorização prévia para a utilização dos autores e produtores de fonogramas”. Os diretores devem indicar, por um lado, se as partituras originais são livres de direitos ou se os direitos foram adquiridos sob licença e, caso afirmativo, tenham obtido as autorizações prévias para a música comercial incorporada no trabalho (ver ficha de inscrição).

No caso de uma resposta negativa em relação às autorizações, o diretor assume total responsabilidade e garante ao Concours de Courts o gozo pacífico dos direitos transferidos contra qualquer recurso interposto por uma agência de cobrança em caso de difusão do dito trabalho na ocasião e para as necessidades do Concours de Courts.

 

Artigo 10 – Das disposições finais

Parágrafo 1.Em caso de problemas fora do controle dos organizadores, o Concours de Courts reserva-se o direito de cancelar ou fazer qualquer modificação nas datas, locais, programas ou métodos de organização do festival e/ou da cerimônia de encerramento (cerimônia de premiação, exibição pública).

Parágrafo 2. A associação dos alunos do Mestrado AGCOM, Réseau Com, representa a equipe organizadora em todos os atos jurídicos ou financeiros relacionados ao Concours de Courts.


Parágrafo 3. O endereço para correspondência do Concours de Courts é:

Master 2 AGCOM – Concours de Courts IDETCOM

– Bureau 317 Université Toulouse 1 Capitole

2, rue du Doyen Gabriel Marty

31042 Toulouse Cedex

Parágrafo 4. Composição da equipe organizadora em 2018/2019 :

  • Philippine DEMARCY
  • Tiphaine LE DIOURON
  • Manon GALIANA
  • Julie GUYOT
  • Pierre LUCE
  • Gabriela MATOS
  • Emma SALVADOR

Parágrafo 5. De acordo com o art. 27 da Lei de Proteção de Dados, os participantes terão o direito de acessar, retificar e excluir dados pessoais relativos a eles escrevendo para o endereço da associação organizadora:

Réseau Com Université Toulouse 1 Capitole

Place Anatole France

31042 Toulouse Cedex 9

Parágrafo 6. Concours de Courts é uma marca registrada.

Parágrafo 7. A participação no Concours de Courts implica a concordância dos participantes com essas regras.

Parágrafo 8. Qualquer litígio decorrente da execução ou interpretação desta autorização e que não possa ser resolvido por acordo amigável entre as partes, estará sujeito à lei francesa e ao julgamento do Tribunal de Toulouse.

 

Master 2 AGCOM 

CONCOURS DE COURTS Idetcom – Bureau 317

Université Toulouse 1 Capitole

2 rue du Doyen Gabriel Marty

31042 TOULOUSE Cedex 9

www.concoursdecourts.com

candidature@concoursdecourts.com